• Dos Afros Pro Mundo

O vírus escolhe sim raça, classe e gênero

Updated: May 14

Conheça o que alguns empresários negros estão passando durante a crise do coronavírus no Brasil. Aqui no Brasil, temos uma economia baseada no comércio de serviços. Quase 70% do PIB está relacionado ao comércio e consumo das famílias. E isso é afetado. além da perda de renda, os profissionais informais não possuem proteção social. Temos quase 25 milhões de trabalhadores independentes. Uma alta porcentagem de mulheres negras não contribui para o INSS. Eles sofrerão com o vírus e com a condição de não ter renda.

“Jennifer, negra, moradora de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, é mãe solteira de três filhos (de dois a 16 anos). O pai dos filhos não tem emprego formal e paga cerca de 300 reais por mês de pensão. É com seu trabalho como faxineira diária que Jennifer fornece a maior parte do sustento da família. Sem estabilidade, sem a possibilidade de trabalhar em casa, sem direitos trabalhistas e sem benefícios governamentais, Jennifer é o retrato de como os trabalhadores informais estão sendo afetados pela pandemia de coronavírus (Covid-19) no Brasil. "

Artigo original: https://www.uol.com.br/universa/noticias/azmina/2020/03/25/coronavirus-trabalhadoras-informais-temem-nao-ter-como-alimentar-os-filhos.htm “O vendedor ambulante mora com seus seis filhos, entre 15 e 21 anos, na região central da cidade. As vendas das carteiras geram a renda mensal da família de sete pessoas - o filho mais velho auxilia o trabalho da mãe, para complementar a renda familiar que ela ganha nas ruas. “Se eu ficar em casa, como vou sobreviver, como vou sobreviver, se não estou na rua para trabalhar? A televisão nos enviou para trabalhar em casa, mas me pergunto: para que vou trabalhar em casa? Como vou vender isso aqui? "Ela pergunta indignada, apontando para a grande quantidade de produtos que comprou recentemente."

Artigo original: https://apublica.org/2020/03/trabalho-informal-sem-direito-a-quarentena-se-eu-ficar-em-casa-como-vou-sobreviver/ Infelizmente, esses casos se repetem bastante no Brasil. Por isso, ao comprar algo, pense em comprar de alguém que está enfrentando dificuldades no momento, compre do pequeno empreendedor, faça um esforço e descubra quem são os comerciantes que moram perto de você.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Meet some black entrepreneurs who are going through the coronavirus crisis in Brazil


Here in Brazil we have an economy based on trade in services. Almost 70% of GDP is related to trade and household consumption. And that is affected. in addition to loss of income, informal professionals do not have social protection. We have almost 25 million self-employed people. A high percentage of black women do not contribute to the INSS. They will suffer from the virus and the condition of having no income.

Jennifer, a black woman, resident of Itaquera, in the East Zone of São Paulo, is a solo mother of three children (between two and 16 years old). The children's father has no formal job and pays about 300 reais per month of pension. It is with her job as a daily cleaner that Jennifer provides most of the household's livelihood. Without stability, without the possibility of working from home, without labor rights and without government benefits, Jennifer is the portrait of how informal workers are being affected by the coronavirus (Covid-19) pandemic in Brazil. ”

Original post: https://www.uol.com.br/universa/noticias/azmina/2020/03/25/coronavirus-trabalhadoras-informais-temem-nao-ter-como-alimentar-os-filhos.htm


“The street vendor lives with his six children, who are between 15 and 21 years old, in the central region of the city. The sales of the wallets generate the monthly income of the family of seven people - the eldest son assists the mother's work, to complement the family income that she makes on the streets. “If I stay at home, how am I going to survive, how am I going to survive, if I'm not on the street to work? The television sent us to work from home, but I wonder, what am I going to work at home for? How am I going to sell this here? ”She asks indignantly, pointing to the large amount of products she has recently purchased.”

Original Post: https://apublica.org/2020/03/trabalho-informal-sem-direito-a-quarentena-se-eu-ficar-em-casa-como-vou-sobreviver/


Unfortunately, these cases are repeated a lot in Brazil. Because of this when buying something think about buying from someone who is experiencing difficulties at the moment, buy from the small entrepreneur, make an effort and find out who are the merchants who live near you.

6 views

JOIN THE MOVEMENT!

 Get the Latest News & Updates

Contact Us

Get in touch, take your questions or learn how to be part of our team.

ADDRESS

PHONE

São Paulo, Brazil.

+5571996694618

EMAIL

  • Facebook logo
  • Twitter logo

© 2020 by Yan Ragede. Proudly created with Wix.com